Criolo feat. Tropkillaz Lyrics
"Cleane"

/ 5
0 reviewers
Do you like this song?
(click stars to rate)
save!
my lyricsbox
Teu representante alimenta com feno
Viagem de espora na dobra do tempo
Baryshnikova que que que que temo?
Talão zona azul de jazigo pequeno
Pilaco da morte, você é pequeno
Quimera de sal, olho seco e relento
Encosta, meu caro, aqui não é centro
Talão zona azul de jazigo pequeno
Fa-fa-faz arminha pre-pretos morrendo
Mo-mo-monetiza com pretos morrendo
Dinheiro pra nós pra sair do veneno
"Ninguém 'tá ligando pra pretos morrendo"
Esse sangue pisado não é açaí
Mataram inocente, granola e caqui
Quinhentos no pote, prepara o malote
Na praia da morte do grande vizir
Um tiro na cara, um tiro na nuca
Um tiro no amor, outro na cultura
Terror de fragata, radin de cintura
Caneta que assina o papel da estrutura
Se não é com você, que que 'tá acontecendo?
Sentado no muro, conforto, isento
Se orvalho é descaso, molharam sua bunda
Molharam sua bunda que 'tá aparecendo (som de água)
Não é filme do Rambo, Brasil 'tá sangrando
Essa brisa não bate, bala de veneno
Não é filme do Rambo, Brasil 'tá sangrando
Essa brisa não bate, bala de veneno (som de tiros)

Chambers
Você não disse que ia passar tudo, Chambers?
Ah, Chambers
Eu vou ter que desenhar pra você?
Chambers

(Churi Churin Fun Flais)

Quem é de favela sempre isolamento
Dos sonhos que tenho distanciamento
Seu rosto, sua roupa, meu drip do centro
Já sei, copiaram meu drip no centro
O justo e pobre nessa terra morre
A mente brilhante de um ser cantante
Abraçar minha irmã já não tenho mais tempo (Saudade)
Sem ouro e sem prata, talento é fermento
Eu 'tô puro ódio, revolta no pódio
Futuro rasgado, 'cês 'tão entendendo
Carro rebaixado, o som 'tá no talo
Favela não vence, tamo no veneno

'Cê não pode com procedê, a calça pesa então vamo vê
Favela é amor e só quer crescer, você entra lá e só quer fudê
Quem sustenta a boca é filho de rico
Que fornece o cheque pro chefe do chefe
O chefe do chefe é o pai do filho
Quirela é passado, moleque quer cash
Dancinha faz tik no tok do clinch
Lutar doze rounds com asma e bronquite
'Cês não 'tão sabendo, povo 'tá morrendo
É o chefe do chefe que lucra com a peste
É o pai é o filho, família de rico
Que culpa o pobre que leva o castigo
'Cês paga de louco, noiz é loko e pouco
Nas venta da morte por aquecimento
Visão de boçal, semente do mal
É Sonia lutando e parente morrendo
Se não é com você, que que 'tá acontecendo?
Sentado no muro, conforto, isento
Se orvalho é descaso, molharam sua bunda
Molharam sua bunda que 'tá aparecendo (Som de água)
Não é filme do Rambo, Brasil 'tá sangrando
Essa brisa não bate, bala de veneno
Não é filme do Rambo, Brasil 'tá sangrando
Essa brisa não bate, bala de veneno (Som de tiros)

Chambers você não disse que ia passar tudo, Chambers?
Ah, Chambers, eu vou ter que desenhar pra você?
Chambers
(Som de água)
(Som de tiros)