I got it!We use cookies to customize content and advertising, to provide social media features, and to analyze traffic to our site. We also share information about your use of our site with our trusted social media, advertising and analytics partners. Read more.

Um Barril de Rap Lyrics
"Carteira de Habilitação"

/ 5
0 reviewers
Do you like this song?
(click stars to rate)
save!

my lyricsbox
Essa vaca não se lembra, eu levei ela no cinema
Pra assistir um drama, eu quero "mad max"
Eu levei ela nas alturas, no meu quarto com sex
Lembra? Cê gritava no time do relax!

Nóia cheira pó, rico cheira a cobre
Pobre cheira a ordem, todo pobre de espírito fede
Isso é uma nova era, rap cheira a pop
Nóis já foi mais loki quando era por respect

E eu sou meu melhor amigo porque toda carne se trair
Torturada pela mão do inimigo
Eis a vantagem de ser invisível, pela honra do pai
Triturada pela boca do estrupício

Gata, você pode pilotar? Acho que vou vomitar
Desmaiar, você pode dirigir?
Vagabundo curte é vagabunda, formamos um belo par
Lá no bar e você deve admitir!

É o melhor rap da city, me escute, acredite
E olha que o beat é fruity loops
Imagina um loop e um remix good
Quando rolar o cash investe em bass de jazz

Fumaça tipo um trem, tem haxa e prem-prem
Tin-tin din-din pelo game pain
Meu bom quer ficar no bem bom
Só pra começar faça um bom bem!

Posso até não ser tão são, mas não sou sem sal
Ascensão talvez seja a solução pra revolução até o ponto viral
Posso até não ser sem sal, mas é só tesão, talvez
Tipo amor de verão mas nunca verão meu ponto final!

A verdade é uma história de duas partes
A memória é um encarte de tantas partes
E a morte de um líder, a morte da guerra
Ah, se tu visse, o berço da terra

Eu to preso na trama tem tanto tempo
Que eu já nem lembro a treta que tenho
O truta que trai, sua trilha é trapaça
E eu já nem quero o ar dessa graça

Minha mente é doente, desculpa meu bem
Meu karma, minha fala, e não te convém
Parte de mim não é só do bem
Me falta uma arma e a cara de alguém

Ela me fala sempre em futuro, em casamento, em esperança
Só que eu to puto, e sempre duro, to sem grana pra aliança
To sem saída, só penso em beat, quero o limite, a sentença da vida
Vira esse jogo, quero um dim, uma casa na praia pra tu e pra mim

Se for pecado me crucifique, peço que fique e preste atenção
Na multidão escuto o convite, meu corpo vaga, a alma resite
Baby, I can see, stop the war, I wanna peace, I'm lost
Look at the sky, listen the song, I'm dying, a prodigal son

Dropa esse doce, esquece o pudor
Transa no carro, viva negô
Passa esse brown, me dá um gole
Um brinde a vida e desce outra dose