I got it!We use cookies to customize content and advertising, to provide social media features, and to analyze traffic to our site. We also share information about your use of our site with our trusted social media, advertising and analytics partners. Read more.

Titas Lyrics
"Desordem"

/ 5
0 reviewers
Do you like this song?
(click stars to rate)
save!

my lyricsbox
Composição: Desconhecido

Os presos fogem do presídio
Imagens na televisão
Mais uma briga de torcidas
Termina tudo em confusão
A multidão enfurecida
Queimou os carros da polícia
Quando estão fora de controle
Não são as regras exceção
Não é tentar o suicídio
Querer andar na contramão ?

refrão 2 vezes:
Quem quer, (quem quer), manter a ordem?
Quem quer, (quem quer) , criar desordem ?

Não sei se existe uma justiça
Nem quando é pelas próprias mãos
Nas invasões, nos linchamentos
Como não ver contradição ?
Não sei se tudo vai arder
Igual a um líquido inflamável
O que mais pode acontecer
Neste país, rico e no entanto miserável
Em que pese isto sempre há, graças a Deus
Quem acredite no futuro

Repete refrão 2 vezes

É seu dever manter a ordem
É seu dever de cidadão
Mas o que é criar desordem
Quem é que diz o que é ou não ?
São sempre os mesmos governantes
Os mesmos que lucraram antes
Põe esperança lado a lado
Às filas de desempregados
Que tudo tem que virar óleo
Pra por na máquina do estado

Repete refrão 2 vezes