I got it!We use cookies to customize content and advertising, to provide social media features, and to analyze traffic to our site. We also share information about your use of our site with our trusted social media, advertising and analytics partners. Read more.

Gilberto Gil Lyrics
"Lamento Sertanejo"

5.0 / 5
1 reviewers
Do you like this song?
(click stars to rate)
save!

my lyricsbox
Por ser de lá
Do sertão, lá do cerrado
Lá do interior do mato
Da caatinga do roçado

Eu quase não saio
Eu quase não tenho amigos
Eu quase que não consigo
Ficar na cidade sem viver contrariado

Por ser de lá
Na certa por isso mesmo
Não gosto de cama mole
Não sei comer sem torresmo

Eu quase não falo
Eu quase não sei de nada
Sou como rês desgarrada
Nessa multidão boiada caminhando a esmo
This song is from the album "E-Collection", "Serie Sem Limite", "Vira Mundo", "Eu Tu Eles" and "Refazenda".