I got it!We use cookies to customize content and advertising, to provide social media features, and to analyze traffic to our site. We also share information about your use of our site with our trusted social media, advertising and analytics partners. Read more.

Gilberto Gil Lyrics
"A Volta Da Asa Branca"

5.0 / 5
1 reviewers
Do you like this song?
(click stars to rate)
save!

my lyricsbox
Já faz três noites que pro norte relampeio
A asa branca ouvindo o ronco do trovão
Já bateu a asa e vortou pro meu sertão

Ai, ai, eu vou mimbora, vou cuidar da plantação
Já bateu a asa e vortou pro meu sertão
Ai, ai, eu vou mimbora, vou cuidar da plantação.

A seca fez eu desertar da minha terra
Mas felizmente Deus agora se alembrou
De mandar chuva presse sertão sofredor
Sertão das muié séria, dos home trabaiadô.
Rios correndo, as cachoeiras tão zoando

Terra moiada mato verde que riqueza
E a asa branca a tarde canta, que beleza!
Ai, ai o povo alegre, mais alegre a natureza.
Sentindo a chuva me arrecordo de rosinha
A linda flor do meu sertão pernambucano
E se a safra não atrapaiá meus prano
This song is from the album "Eu Tu Eles" and "Gilberto Gil Canta Luis Gonzaga".