I got it!We use cookies to customize content and advertising, to provide social media features, and to analyze traffic to our site. We also share information about your use of our site with our trusted social media, advertising and analytics partners. Read more.

Amália Rodrigues feat. Don Byas Lyrics
"Povo Que Lavas No Rio"

/ 5
0 reviewers
Do you like this song?
(click stars to rate)
save!

my lyricsbox
(Joaquim Campos/Pedro Homem De Mello)

Povo que lavas no rio que talhas com teu machado
As tàbuas do meu caixão
Povo que lavas no rio que talhas com teu machado
As tàbuas do meu caixão
Hà-de haver quem te defenda, quem compre o teu chão sagrado
Mas a tua vida não

Fui ter à mesa redonda beber em malga que esconda
Um beijo de mão em mão
Fui ter à mesa redonda beber em malga que esconda
Um beijo de mão em mão
Era o vinho que me deste, àgua pura, fruto agreste
Mas a tua vida não

Aromas de urze e de lama, dormi com eles na cama
Tive a mesma condição
Aromas de urze e de lama, dormi com eles na cama
Tive a mesma condição
Povo, povo eu te pertenço, deste-me alturas de incenso
Mas a tua vida não

Povo que lavas no rio que talhas com teu machado
As tàbuas do meu caixão
Povo que lavas no rio que talhas com teu machado
As tàbuas do meu caixão
Hà-de haver quem te defenda, quem compre o teu chão sagrado
Mas a tua vida não.
This song is from the album "Encontro Com Don Byas", "Yesterday & Today", "Asas Fechadas", "Estranha Forma De Vida: O Melhor De Amalia", "Live At Town Hall", "Coimbra", "Uma Casa Portugeusa" and "Vol. 1-Art Of".